30 de jun de 2011



Não cabia em si de tanta ansiedade e desejo. Olhava a festa ao seu redor, mas sua mente estava presa num segundo, e no próximo, e no próximo. Não ousava virar o rosto pra não correr o risco do vento mudar de rota. Ah se pudesse agarrar o cheiro daqueles cabelos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário